Anveo EDI Connect / Config / Visão Geral / O que há de novo
Esta é uma tradução automática. O post original está disponível em Inglês .

O que há de novo

Nesta secção descrevemos a nova funcionalidade de cada versão. Este não é o changelog técnico completo, mas sim o destinado às pessoas que utilizam o módulo para obter uma visão geral.

Versão 4.00

O Anveo EDI Connect 4.00 tem muitas melhorias e novas funcionalidades.

Experiência do usuário

Business Transactions

Queremos que seja o mais fácil possível para o usuário final encontrar seus dados de transação, ver o status e navegar até as informações necessárias no sistema. Antes da versão 4 existia o registo, onde o utilizador final podia encontrar cada passo da lógica de processamento, mas isto é mais técnico do que o exigido por muitos utilizadores. Por essa razão, decidimos acrescentar o novo conceito de Business Transactions.

Role Center of Microsoft Dynamics 365 Business Central – Mostrando Transações de Negócios EDI

A idéia geral é representar o estado de um documento em uma única linha, uma Business Transaction. Cada uma dessas transações pertence a uma nova tabela de configuração, o Business Transaction Type. O Business Transaction Type define os processos gerais existentes e os pontos de entrada. Discutimos os detalhes no capítulo Business Transactions.

Melhorias da IU

Há várias pequenas mudanças para melhorar a usabilidade. Por exemplo, atualizamos a FactBox no Documento EDI para representar melhor a informação que é requerida pelo usuário final. Nós também trabalhamos para facilitar o trabalho com os novos clientes baseados no navegador em todas as versões. Veremos mais melhorias nesse tópico com o próximo lançamento.

Empregos (“código zero”)

Com as transações comerciais adicionamos uma forma de exportar dados sem a necessidade de adicionar campos para rastrear se eles já foram exportados. No passado, você tinha que adicionar bandeiras booleanas a todos os documentos de saída, rastreando se ela tinha que ser exportada e se já havia uma exportação. A nova funcionalidade pode resolver isso em muitos cenários. Dando-lhe a oportunidade de configurar fluxos de trabalho EDI padrão sem uma única linha de codificação ou modificações nos objetos base do Microsoft Dynamics NAV 2016. Discutimos os detalhes no capítulo Business Transactions.

Configuração de Mapping

Há muitas pequenas alterações e melhorias na configuração do mapping. Uma grande mudança só é perceptível às vezes, mudamos a forma como o SourceExpr e DestExpr são tratados para um motor totalmente digitado. Isto deve melhorar o desempenho e a estabilidade e tornar o sistema mais robusto às mudanças de linguagem.

Funcionalidade Geral

Tabela de Filtragem de Dados

Mudámos a forma como acede aos dados pós-processamento. Há uma nova propriedade Data View, que permite filtrar o registro para todos os registros da tabela, o registro pós-processamento, o registro de transação comercial ou um registro por um filtro nomeado. Selecionando
Named Table View você terá acesso ao campo Named Table View, como antes. Esta alteração é retrocompatível. Nas actualizações iremos definir a nova propriedade para Named Table View e manter o nome da table view.

Centro de Funções da Microsoft Dynamics 365 Business Central – Mostrando Propriedades da Tabela no Mapping EDI

Table Limit

Se você ler dados de uma tabela, há uma nova propriedade avançada chamada Limit Count. Definir esta propriedade para True lhe dará a opção de limitar a contagem de registros que devem ser lidos.

Criar documentos vinculados

A Master Table propriedade foi renomeada para Create Linked Documents. O usuário deve definir isso como True sempre que quiser ligar outras tabelas a essa instância ou quando quiser poder navegar da EDI Processing QueueBusiness Transaction
ou EDI Processing Queue para o registro.

Ligar Erros às Tabelas

Existe uma nova Register Errors On Instance propriedade que permite que todos os erros seguintes estejam ligados a esta instância da tabela.

Funções Init para Tabelas Temp.

Em tabelas temporárias é possível agora especificar uma função que retorna uma ANVEDI Variant que contém um RecordRef que é usado como os valores iniciais. Este é um tema muito avançado e só é necessário em casos especiais.

Pós-processamento

Existem novos tipos de pós-processamento para apoiar as novas Business Transactions.

Funções incorporadas

Há muitas novas funções incorporadas. Discutiremos apenas uma delas, mas há uma nova seção incorporada de funções no manual.

Existem novas funções incorporadas para comparar os valores entre si. Isso permitirá que você use linhas do tipo Conditional para fazer ramificações condicionais básicas. Se você tentar comparar dois tipos de dados diferentes, o segundo será fundido com o primeiro. Com esta nova função você não precisa mais usar a “segunda tabela” como alternativa para os comandos IF.

Mapping Transporte / Importação e Exportação

Substituímos a antiga funcionalidade de importação e exportação para o mapping de dados. Você pode importar backups antigos com os novos sistemas e o relatório antigo ainda é enviado com o módulo, mas depreciado.

A nova funcionalidade permite que você especifique em muito mais granularidade o que você quer exportar. Nas importações, você pode ver os dados contidos no backup e decidir o que importar. Você pode encontrar mais detalhes em Cópias de Segurança e Transporte.


Role Center of Microsoft Dynamics 365 Business Central – Mostrando a Exportação da Configuração de EDI

Tratamento de Erros

Melhoramos as funções de integração que você pode usar, por exemplo, a partir de mapeamentos de verificação. Há três novos tipos de comando:

  • INFO
  • WARNING
  • DEBUG

O que lhe permitirá criar entradas de registo. Todos os comandos de log, incluindo o ERROR existente, agora suportam vários espaços reservados para usar valores do mapping dentro da mensagem de erro. Você também pode especificar um Error Code, que pode ser usado para acessar as informações do log. Agora também é possível especificar explicitamente a tabela à qual o erro deve ser atribuído.

Erros Aceitáveis

Também introduzimos um novo tipo de erro, que irá quebrar o processamento, mas pode ser aceite pelo utilizador final. Isto permite definir verificações que quebrarão o processamento, mas podem ser marcadas como aceitas/ignoradas pelo usuário final.

Nomes de objetos

Nós prefixamos muitos dos objetos com “ANVEDI” para evitar conflitos de nomes com outros módulos. Para ser retrocompatível, isto afecta a maioria, mas não todos os nomes de objectos. Iremos racionalizar os nomes na versão “Extensão” com o próximo lançamento. Anveo EDI Connect estará disponível como extensão apenas para Microsoft Dynamics 365 Business Central. Não apoiaremos versões mais antigas da Dynamics como uma NAV Extension.

Processamento Paralelo

Em geral, não recomendamos o processamento de vários processos de EDI ao mesmo tempo. Com o novo lançamento, tentamos limitar o tempo que estamos travando nossas próprias mesas de sistema, tornando possível executar vários processos ao mesmo tempo. Todas as tabelas utilizadas dentro dos mapeamentos continuarão a ser um factor limitativo. Se você puder, ainda assim recomendamos que evite processos paralelos.

Suporte de Mapping de Versões

Com as novas versões empresariais disponíveis do módulo, adicionamos suporte para a criação de versões de mapeamentos. Há dois modos disponíveis: um simples e um seguro de revisão, onde um mapping que uma vez foi executado não pode mais ser modificado. Adicionamos uma seção de Mapping Versões, onde você pode encontrar mais informações. Se quiser usar a nova funcionalidade terá de obter uma nova licença, não hesite em contactar a nossa equipa de parceiros para obter mais informações.

Mudanças no conversor

Houve algumas alterações no módulo base que irão afectar todos os mapeamentos. Recomendamos vivamente que teste todos os seus mapeamentos após a actualização antes de executar a actualização num sistema em directo.

Nas seções seguintes listaremos as mudanças para conversores específicos.

EDIFACTO/X12

Nós tentamos melhorar as mensagens de erro dentro do conversor. Também mudamos o comportamento dos loops, se eles tiverem um conjunto mínimo de repetição. Recomendamos definir uma repetição min para todas as tabelas dentro de um mapping EDIFACT, onde faz sentido. O resultado será o processamento dos segmentos e não apenas a verificação dos mesmos, o que melhorará o desempenho e as mensagens de erro.

Atualizamos o importador EDIFACT, por favor faça o download dos padrões com o novo downloader. Como corrigimos alguns problemas, faz sentido remover padrões já importados e importá-los novamente, antes de construir novos mapeamentos.

Há uma nova função EDIFACT.SKIPSEGMENTS que pode ser usada, se quiser saltar dados sem processá-los, até um elemento conhecido.

XML

Há uma mudança de quebra no conversor XML, se você estiver usando namespaces nas importações. Vamos agora usar as informações do namespace para identificar os elementos de importação. Isto exigiu que todas as linhas tivessem as informações corretas do namespace. O benefício é que você pode processar arquivos com prefixos diferentes, pois eles agora são considerados iguais.

A outra mudança é que um nó de Content vazio agora resultará em uma saída completa da tag. Se você quiser obter uma Saída Colapsada, você pode usar a propriedade Conditional Output sobre o conteúdo. Você pode usar a Conditional Output no elemento para evitar que a tag seja mostrada.

ZUGFeRD

Os componentes ZUGFeRD foram actualizados e precisam de ser actualizados. A licença PDF está agora fora da Dynamics usando um Gerente de Licença fornecido pelo fabricante de componentes PDF.

Mudámos a forma como os ficheiros ZUGFeRD são criados. Porque há um COMMIT em muitos relatórios de notas fiscais de vendas, erros podem resultar na criação falsa de um arquivo de saída em versões mais antigas. Agora verificamos, se a conversão foi bem sucedida antes de criar o ficheiro de saída.